Logotipo Federação Varejista do RS e SPC Brasil

Vendas de Dia dos Namorados apresenta variação positiva de 4,2% no comércio caxiense

Amostragem da CDL Caxias identificou que o tíquete médio ficou em R$ 259,72, muito próximo da pesquisa prévia que estimava alta de 3,7%. Dos lojistas entrevistados, 43,3% apontaram que as comercializações foram melhores em comparação ao ano anterior. Vestuário, flores e perfumes foram algumas das escolhas dos consumidores

Dias secos e frios na semana que antecedeu o Dia dos Namorados tiveram importante relevância para a alta de 4,2% nas vendas deste ano no comércio caxiense, com tíquete médio de R$ 259,72, conforme aponta amostragem da CDL Caxias. O resultado ficou muito próximo da pesquisa prévia, realizada em maio, que estimava R$ 258,42 para o tíquete médio e representava incremento de 3,7% em relação a 2023. Itens de vestuário, flores, perfumes, vinho, utensílios domésticos e joias estiveram entre as principais escolhas dos consumidores para a data.

Dos lojistas entrevistados pela entidade, 43,3% revelaram que as negociações foram melhores em comparação a 2023. Dos 26,7% comerciantes que registraram queda nas negociações, 68,4% citaram como motivo ainda o reflexo dos eventos climáticos de maio, outros 21,1% não souberam responder e 10,5% apontaram outras causas.

Neste ano, 45,7% dos empresários ouvidos em segmentos de vestuário e calçados, cosméticos, floricultura, alimentos, joias e relógios e utensílios domésticos disseram que decoraram mais suas lojas em comparação ao ano que passou e outros 17,1% fizeram o mesmo investimento na ornamentação.

Do total, 51,5% acreditaram que a decoração ajudou a despertar os sentimentos de romantismo, o que contribuiu no incremento das vendas, e 18,2% citaram que auxiliou um pouco. O investimento em anúncios nas redes sociais, para divulgar o estabelecimento e os produtos para o Dia dos Namorados, foi feito por 63,3% dos entrevistados pela CDL Caxias.

Daqueles que registraram aumento nas vendas, 63,2% revelaram maior divulgação da loja e dos produtos nas redes sociais, enquanto 21% indicaram as promoções e os descontos. Outros 10,5% contaram que foram as condições de pagamento (parcelamento) e 5,3% a maior quantidade de produtos.

O dinheiro foi apontado como a forma de pagamento mais utilizada para 32,8% dos comerciantes, seguido pelo Pix (24,6%). O cartão de débito ficou na terceira posição, indicado por 21,3% dos lojistas, o cartão de crédito por 19,7% e o crediário por 1,6%.

Produtos mais vendidos*

Vestuário e calçados

Jaqueta

Malhas

Moletom

Calças

Tênis

Botas

Lingerie

Floriculturas

Arranjos de flor

Buquês

Cosméticos

Perfumes

Cremes hidratantes

Bebidas e alimentos

Vinho

Tábuas de frios

Kits de chocolate

Utensílios domésticos

Fondue

Canecas

Taças de vinho

Joias e relógios

Joias femininas

Relógios

*A ordem dos segmentos não representa que foram os mais comercializados

Fonte: CDL Caxias do Sul

Leia também...