Logotipo Federação Varejista do RS e SPC Brasil

I Fórum Estadual do Comércio debate reconstrução do comércio no RS

Encontro promovido pela Federação Varejista do RS ocorrerá no dia 12 de agosto, em Porto Alegre

Severamente impactados pela tragédia climática no Estado, os setores de serviços e comércio têm um longo caminho de reconstrução pela frente, cujas direções ganham essenciais apontamentos com a realização do I Fórum Estadual do Comércio. Em seu papel de promover ações para desenvolver o varejo gaúcho, a Federação Varejista do RS organiza o evento, no dia 12 de agosto, reunindo lideranças setoriais e do poder público a fim de desenhar o futuro do segmento.

O encontro, na Associação Leopoldina Juvenil, em Porto Alegre, evidencia três frentes de trabalho, centradas no diálogo entre stakeholders, nas inovações para o setor e na defesa das reinvindicações dos lojistas. A programação está sendo finalizada e será anunciada nos próximos dias, assim como os nomes dos painelistas.

Com o evento, a Federação Varejista espera aproximar a cadeia do segmento dos principais articuladores das decisões que impactam no futuro dos negócios. “Avaliar o cenário, ainda mais numa situação como a que estamos passando, e prospectar como vamos atravessar pelos desafios e como vamos nos encontrar logo adiante, é um exercício imprescindível para as melhores tomadas de decisões. Vivemos um momento que exige, além de agilidade, respostas precisas para suplantarmos essa situação”, comenta o presidente da Federação, Ivonei Pioner.

O evento chega com o compromisso, também, de pavimentar as vias para a reconstrução econômica do Rio Grande do Sul. De acordo com a Federação Varejista, as perdas no comércio, incluindo itens como instalações, estoque e mobiliário, e os prejuízos decorrentes do impedimento das vendas por conta das enchentes, gira na cifra dos R$ 10 bilhões. “Como entidade, a Federação está ao lado do setor que representa e de todo povo gaúcho. Estamos de mãos dadas, construindo em conjunto as alternativas para sairmos da crise, porque ninguém faz nada sozinho”, diz Pioner.

Desde que o Rio Grande do Sul entrou em calamidade por conta das enxurradas, a Federação tem se dedicado a encampar movimentos de ajuda tanto para as vítimas das enchentes quanto para o restabelecimento do comércio. Atualmente, são três eixos de ação, os movimentos “Reergue RS” e “Movimento pelo RS”, além de uma campanha de estímulo ao consumo de produtos gaúchos.

O “Reergue RS” foi lançado a fim de coletar donativos às famílias atingidas, além de recursos para auxiliar o comércio devastado pelas enchentes. A campanha é realizada em parceria com as CDLs não só do Estado como as do Brasil também, ligadas ao Sistema CNDL. Quem quiser contribuir com recursos, a chave PIX é [email protected].  O “Movimento pelo RS” é uma parceria firmada com a Stock Car para arrecadar doações em todas as etapas do campeonato. O movimento começou na última prova, dia 19 de maio, em Cascavel, e arrecadou duas carretas de donativos. A ação também angaria recursos para estabelecimentos, a fim de manter empregos e renda aso trabalhadores atingidos. Os recursos podem ser enviados para o PIX [email protected].

Outra ação incentiva o consumo de produtos gaúchos a fim de manter a produção e o comércio no Rio Grande do Sul. A campanha utiliza frases como “Apoie as marcas gaúchas”, “Compre do gaúcho” ou “Escolha marcas gaúchas”. Além disso, a Federação conta com o movimento da CNDL e do SPC Brasil para arrecadar recursos às vítimas das enchentes através do PIX [email protected].

Assine nossa newsletter.

Receba estas notícias diretamente no seu e-mail.

Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!
Você receberá um e-mail de confirmação.
Ao assinar a newsletter, você receberá um e-mail para confirmar o desejo de receber as notícias do movimento lojista.

Leia também...